segunda-feira, 30 de março de 2015

Programa de Visitas Monitoradas completa 02 anos

Criado em março de 2013 e premiado em novembro de 2014 pelo Edital “Prêmio Boas Práticas e Inovação em Bibliotecas Públicas”, do Ministério da Cultura, através da Fundação Biblioteca Nacional e do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas, o Programa de Visitas Monitoradas objetiva reviver os clássicos da literatura, trabalhar as diversas linguagens, levar a comunidade à Biblioteca e exercitar a contação de história como articuladora do gosto pela leitura, para a formação do público leitor e para a transformação da sociedade.
O Programa de Visitas Monitoradas atinge pequenos e grandes grupos, institucionalizados ou não, de todas as idades, que podem optar por atividades de acordo com o tempo disponível e com os interesses do grupo. São elas:

 * Visita geral: o grupo visita todos os setores da biblioteca, descobrindo em que cada setor contribui para o funcionamento da mesma – setor administrativo, processamento técnico, laboratório de restauro e higienização, acervos gerais e especiais etc. (de 20 a 30 min) 
* Visita no setor de obras raras: enfatiza-se a necessidade da preservação e os cuidados com as publicações; a diferença entre obras do acervo geral, obras antigas e obras raras; a história do livro e do papel; curiosidades relacionadas às publicações; autógrafos, dedicatórias e a quem pertenciam os acervos etc. (aproximadamente 20 min)
* Contação de histórias: utilizando-se de diversas linguagens e recursos (teatro, fantoche, flanelógrafo, teatro de sombra, dedoches, música, leitura e declamação etc) a história é contada de forma a propiciar o desenvolvimento afetivo do ouvinte pela livro, leitura e literatura. (aproximadamente 40 min)
* Contação de histórias com atividade: após ouvir a contação, são propostas atividades recreativas e artísticas que contemplam aprofundamento, releituras e produções relacionadas às histórias trabalhadas. (aproximadamente 01 horas e 30 min)
* Curta o curta: após assistir a curta-metragens relacionados à cultura, livro, leitura e literatura, promove-se uma discussão intermidiática, destacando a relação da literatura com as demais linguagens e a presença desta em nosso cotidiano. Destaca-se a literatura como uso artístico da linguagem e os benefícios da leitura. (de 30 a 40 min)
* Desvendando poesia: Leitura e interpretação de poemas, salientando recursos, estilos, do autor e de época, operadores de leitura, contexto e recepção, objetivando o entendimento do fazer poético e dos diversos níveis de percepção de poesia. (de 20 a 30 min) 
* Oficina de desenho: Técnicas e exercícios, de acordo com a idade do grupo, para estimular a criatividade e a produção visual, demonstrando que o desenho pode ser realizado facilmente por qualquer pessoa além de contribuir para a coordenação motora, capacidade de concentração e expressão do indivíduo. (aproximadamente 01 hora)
* Oficina de arte para crianças: Desenvolvimento de trabalhos manuais, brinquedos de papel, materiais didáticos/educativos, acessórios diversos e reutilização de materiais recicláveis, com produções voltadas para o desenvolvimento da criatividade, coordenação motora, prazer estético e contribuindo, também, para a conscientização ambiental. (aproximadamente 01 hora)
* PC Conta: atividade realizada no laboratório de informática da Biblioteca, com softwares de contação de história, com o objetivo de aproximar a literatura das novas tecnologias e oportunizar o contato com os meios digitais. (de 20 a 30 min)
* Pesquisa científica e normatização: orientação para trabalhos acadêmicos, enfatizando a importância de um embasamento teórico consistente, as múltiplas referências, o uso de citações, o cuidado com o plágio e as normas da ABNT. (30 min)

Após todas as atividades, sempre há um espaço destinado à leitura e, ainda, são desenvolvidas, também, outras atividades de acordo com o interesse dos grupos como, por exemplo, oficinas para professores, que demonstram que a Biblioteca, como espaço público e de formação, presta-se a contribuir com as necessidades da sociedade em que está inserida.     

As pessoas interessadas no programa de visitas podem solicitar o agendamento pessoalmente ou por telefone com, no mínimo, 15 dias de antecedência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário