segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Alterações no atendimento

SENHORES USUÁRIOS

Devido ao Decreto nº 9.435, de 13/11/2014, que concede licença remunerada ao funcionalismo público municipal, e por determinação da Fundação Municipal de Cultura,
a Biblioteca trabalhará com acervo fechado e horário reduzido durante todo o período da licença, realizando apenas empréstimos e devoluções no balcão de atendimento (através de agendamento pelo telefone: 3901-1846). 

Horários de funcionamento:
* 15 a 18/12/2014: das 13:00 às 17:00.
* 19/12/2014: fechada (feriado)
* 20/12/2014 a 05/01/2015: fechada (recesso de Natal)
* 06/01 a 25/01/2015: de segunda a sexta-feira, das 13:00 às 17:00.

== Abriremos normalmente em ==
26 de janeiro de 2015.


quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Escritor português premiado proferirá palestra na Biblioteca

Comemorando os 74 anos de criação da Biblioteca Pública Municipal Prof. Bruno Enei, a Fundação Municipal de Cultura traz novamente a Ponta Grossa o escritor português Paulo José Miranda, primeiro vencedor do Prêmio Literário José Saramago. Miranda ministra palestra com o tema ‘Literatura Portuguesa’ nesta sexta-feira, 05, às 19h, no Auditório da Biblioteca. A entrada é gratuita e aberta à comunidade.
Romancista, poeta e dramaturgo português, Paulo José Miranda foi vencedor do Prêmio Teixeira de Pascoaes com seu primeiro livro de poesias, ‘A voz que nos trai’. Nasceu em Aldeia de Paio Pires. Iniciou, então, o seu ‘Tríptico da criação’, uma série de romances sobre autores portugueses do século XIX. Venceu a primeira edição do Prêmio Literário José Saramago, em 1999, com ‘Natureza Morta’, segunda parte da trilogia. Viveu durante cinco anos na Turquia com a cineasta Pelin Esmer. Voltou para Portugal em 2003 e mudou-se para o Brasil em 2005. É membro do PEN Clube Português (maior e a mais importante organização mundial de escritores empenhada na defesa da liberdade de expressão) desde 1998.
Entre seus livros de prosa estão ‘Um Prego no Coração’ (1998), ‘Natureza Morta (1999), ‘Vício’ (2001), ‘O Mal’ (2002), ‘A América’ (2008), ‘Com o Corpo Todo’ (2011), ‘Filhas’ (2012) e ‘A Máquina do Mundo’ (2014). Escreveu também as obras de poesia ‘A voz que nos trai’ (1997), ‘A Arma do Rosto’ (1998), ‘O Tabaco de Deus’ (2002) e ‘Exercícios de Humano’ (2014).