segunda-feira, 30 de março de 2015

Programa de Visitas Monitoradas completa 02 anos

Criado em março de 2013 e premiado em novembro de 2014 pelo Edital “Prêmio Boas Práticas e Inovação em Bibliotecas Públicas”, do Ministério da Cultura, através da Fundação Biblioteca Nacional e do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas, o Programa de Visitas Monitoradas objetiva reviver os clássicos da literatura, trabalhar as diversas linguagens, levar a comunidade à Biblioteca e exercitar a contação de história como articuladora do gosto pela leitura, para a formação do público leitor e para a transformação da sociedade.
O Programa de Visitas Monitoradas atinge pequenos e grandes grupos, institucionalizados ou não, de todas as idades, que podem optar por atividades de acordo com o tempo disponível e com os interesses do grupo. São elas:

 * Visita geral: o grupo visita todos os setores da biblioteca, descobrindo em que cada setor contribui para o funcionamento da mesma – setor administrativo, processamento técnico, laboratório de restauro e higienização, acervos gerais e especiais etc. (de 20 a 30 min) 
* Visita no setor de obras raras: enfatiza-se a necessidade da preservação e os cuidados com as publicações; a diferença entre obras do acervo geral, obras antigas e obras raras; a história do livro e do papel; curiosidades relacionadas às publicações; autógrafos, dedicatórias e a quem pertenciam os acervos etc. (aproximadamente 20 min)
* Contação de histórias: utilizando-se de diversas linguagens e recursos (teatro, fantoche, flanelógrafo, teatro de sombra, dedoches, música, leitura e declamação etc) a história é contada de forma a propiciar o desenvolvimento afetivo do ouvinte pela livro, leitura e literatura. (aproximadamente 40 min)
* Contação de histórias com atividade: após ouvir a contação, são propostas atividades recreativas e artísticas que contemplam aprofundamento, releituras e produções relacionadas às histórias trabalhadas. (aproximadamente 01 horas e 30 min)
* Curta o curta: após assistir a curta-metragens relacionados à cultura, livro, leitura e literatura, promove-se uma discussão intermidiática, destacando a relação da literatura com as demais linguagens e a presença desta em nosso cotidiano. Destaca-se a literatura como uso artístico da linguagem e os benefícios da leitura. (de 30 a 40 min)
* Desvendando poesia: Leitura e interpretação de poemas, salientando recursos, estilos, do autor e de época, operadores de leitura, contexto e recepção, objetivando o entendimento do fazer poético e dos diversos níveis de percepção de poesia. (de 20 a 30 min) 
* Oficina de desenho: Técnicas e exercícios, de acordo com a idade do grupo, para estimular a criatividade e a produção visual, demonstrando que o desenho pode ser realizado facilmente por qualquer pessoa além de contribuir para a coordenação motora, capacidade de concentração e expressão do indivíduo. (aproximadamente 01 hora)
* Oficina de arte para crianças: Desenvolvimento de trabalhos manuais, brinquedos de papel, materiais didáticos/educativos, acessórios diversos e reutilização de materiais recicláveis, com produções voltadas para o desenvolvimento da criatividade, coordenação motora, prazer estético e contribuindo, também, para a conscientização ambiental. (aproximadamente 01 hora)
* PC Conta: atividade realizada no laboratório de informática da Biblioteca, com softwares de contação de história, com o objetivo de aproximar a literatura das novas tecnologias e oportunizar o contato com os meios digitais. (de 20 a 30 min)
* Pesquisa científica e normatização: orientação para trabalhos acadêmicos, enfatizando a importância de um embasamento teórico consistente, as múltiplas referências, o uso de citações, o cuidado com o plágio e as normas da ABNT. (30 min)

Após todas as atividades, sempre há um espaço destinado à leitura e, ainda, são desenvolvidas, também, outras atividades de acordo com o interesse dos grupos como, por exemplo, oficinas para professores, que demonstram que a Biblioteca, como espaço público e de formação, presta-se a contribuir com as necessidades da sociedade em que está inserida.     

As pessoas interessadas no programa de visitas podem solicitar o agendamento pessoalmente ou por telefone com, no mínimo, 15 dias de antecedência.

quarta-feira, 25 de março de 2015

Oficina gratuita de Contação de Histórias

Integrando o 2º Festival Nacional de Contadores de Histórias, a Biblioteca recebe, no dia 14 de abril, a arte-educadora e contadora de histórias Alice Bandini, de São Paulo, para ministrar a oficina ‘Contar Histórias nas Bibliotecas: uma ponte para a mediação da leitura e outras linguagens’. A atividade acontece das 8h30 às 17h30, no Auditório da Unidade, e é voltada para profissionais que atuam em bibliotecas, salas e projetos de leitura.
Alice atuou por 16 anos na Biblioteca Narbal Fontes, em São Paulo, e integrou o Setor de Programas, Projetos e Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas do Município de São Paulo, promovendo a integração de todas as bibliotecas e projetos de leitura da cidade. 
Os interessados em participar desta oficina devem fazer a inscrição pelo telefone (42) 3901-1846 ou diretamente na Biblioteca Pública.

Estão abertas, também, as inscrições para a oficina ‘Contando histórias em Libras’, que acontecerá no Cine-Teatro Ópera. Para mais informações sobre esta e outras atividades do Festival, clique aqui.   

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Biblioteca recebe Semana de Filosofia

A Biblioteca Pública Municipal Profº Bruno Enei, unidade da Fundação Municipal de Cultura, recebe na próxima semana a Semana de Filosofia, evento promovido pela Associação Nova Acrópole. Durante a semana, convidados ministram palestras sobre várias correntes filosóficas, com horário especial e entradas gratuitas. 
Na segunda-feira, dia 23 de fevereiro, acontece a abertura da Semana de Filosofia, a partir das 20h. Na terça-feira, a partir do mesmo horário, será ministrada a palestra ‘A escola pitagórica e seus ensinamentos morais’. Na quarta o tema é ‘Matemática, música e astrologia para o dia-a-dia’. A última atividade, na quinta-feira, dia 26, será a palestra ‘As estruturas musicais do mundo’. 
A Coordenadora da Biblioteca Municipal, Gisele França, conta que as palestras trazidas ao evento contribuem para a reflexão da população para melhorar sua visão de mundo. “Os objetivos da Semana de Filosofia e da Biblioteca coincidem. Ambas buscam a formação do cidadão a partir do resgate dos clássicos além de preservar a memória histórica”, ratifica a coordenadora.  
Fundada há 30 anos no Brasil, a Nova Acrópole é uma entidade sem fins lucrativos que procura estimular cidadãos a praticar iniciativas de responsabilidade cívica e social. Mais informações podem ser obtidas pelo www.pontagrossa.nova-acropole.org.br ou pelo (42) 3025-5711.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Recesso de Carnaval

ATENÇÃO USUÁRIOS

Conforme Decreto 9.735/2015, a Biblioteca estará fechada nos dias 16 e 17/02/2015. Abriremos em 18/02/2015, a partir das 12:00.

DESEJAMOS A TODOS UM BOM FERIADO!!!

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Alterações no atendimento

SENHORES USUÁRIOS

Devido ao Decreto nº 9.435, de 13/11/2014, que concede licença remunerada ao funcionalismo público municipal, e por determinação da Fundação Municipal de Cultura,
a Biblioteca trabalhará com acervo fechado e horário reduzido durante todo o período da licença, realizando apenas empréstimos e devoluções no balcão de atendimento (através de agendamento pelo telefone: 3901-1846). 

Horários de funcionamento:
* 15 a 18/12/2014: das 13:00 às 17:00.
* 19/12/2014: fechada (feriado)
* 20/12/2014 a 05/01/2015: fechada (recesso de Natal)
* 06/01 a 25/01/2015: de segunda a sexta-feira, das 13:00 às 17:00.

== Abriremos normalmente em ==
26 de janeiro de 2015.


quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Escritor português premiado proferirá palestra na Biblioteca

Comemorando os 74 anos de criação da Biblioteca Pública Municipal Prof. Bruno Enei, a Fundação Municipal de Cultura traz novamente a Ponta Grossa o escritor português Paulo José Miranda, primeiro vencedor do Prêmio Literário José Saramago. Miranda ministra palestra com o tema ‘Literatura Portuguesa’ nesta sexta-feira, 05, às 19h, no Auditório da Biblioteca. A entrada é gratuita e aberta à comunidade.
Romancista, poeta e dramaturgo português, Paulo José Miranda foi vencedor do Prêmio Teixeira de Pascoaes com seu primeiro livro de poesias, ‘A voz que nos trai’. Nasceu em Aldeia de Paio Pires. Iniciou, então, o seu ‘Tríptico da criação’, uma série de romances sobre autores portugueses do século XIX. Venceu a primeira edição do Prêmio Literário José Saramago, em 1999, com ‘Natureza Morta’, segunda parte da trilogia. Viveu durante cinco anos na Turquia com a cineasta Pelin Esmer. Voltou para Portugal em 2003 e mudou-se para o Brasil em 2005. É membro do PEN Clube Português (maior e a mais importante organização mundial de escritores empenhada na defesa da liberdade de expressão) desde 1998.
Entre seus livros de prosa estão ‘Um Prego no Coração’ (1998), ‘Natureza Morta (1999), ‘Vício’ (2001), ‘O Mal’ (2002), ‘A América’ (2008), ‘Com o Corpo Todo’ (2011), ‘Filhas’ (2012) e ‘A Máquina do Mundo’ (2014). Escreveu também as obras de poesia ‘A voz que nos trai’ (1997), ‘A Arma do Rosto’ (1998), ‘O Tabaco de Deus’ (2002) e ‘Exercícios de Humano’ (2014).

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Senhores usuários

Dia 28/11/2014, a Biblioteca fechará às 17:00, devido ao Desfile de abertura da 25ª München Fest (que envolverá os funcionários em sua organização).

Grata pela compreensão,
A Coordenação.